Links de Acesso

São Tomé e Príncipe: Presidente propõe adiamento de eleições

  • Óscar Medeiros

Vista da Ilha do Príncipe

Vista da Ilha do Príncipe

Os três partidos políticos que integram a actual coligação governamental subscrevem a proposta do presidente Manuel Pinto da Costa.

O presidente de São Tomé e Príncipe propôs a realização em simultâneo das eleições legislativas, autárquicas e regional do Príncipe sem indicar uma data.
O MLSP-PSD, o PCD e o MDFM-PL, os três partidos políticos que integram a actual coligação governamental subscrevem a proposta do presidente Manuel Pinto da Costa de realização simultânea das eleições legislativas previstas para Julho de 2014 e autárquicas e regional do Príncipe agendadas para Julho deste ano, mas estas ultimas acabadas de serem adiadas por falta de condições técnicas e financeiras.

Entretanto entre esses três partidos que defendem a proposta do presidente da república, o MDFM-PL é o único que sublinha no entanto que o prazo para a realização em simultâneo dessas eleições ou seja Julho de 2014 deve ser respeitado.

Por seu lado a ADI o partido com maior representação na Assembleia Nacional e o único fora da actual coligação governamental considera que com esta proposta e pela forma como ela foi apresentada à nação o presidente da república pretende por em marcha um plano para adiar a democracia, e juntamente com o MLSTP e o PCD perpetuarem-se no poder.

A ADI considera que a actual situação de São Tomé e Príncipe é preocupante e pede a intervenção da comunidade internacional.
XS
SM
MD
LG