Links de Acesso

São Tomé e Príncipe marca pontos na erradicação da malária

  • Óscar Medeiros

Não foi registado nenhum óbito em 2014.

Em São Tomé e Príncipe, o número de casos da doença diminuiu significativamente e o país caminha para a fase de pré-eliminação, graças ao programa de controlo do paludismo iniciado há pouco mais de uma década com o apoio da República da China Taiwan, Portugal, Fundo Global e outros parceiros de desenvolvimento.

Os responsáveis do Centro Nacional de Endemia e outros técnicos do sistema nacional de saúde estão reunidos desde quarta-feira, 5, para fazer uma avaliação a meio percurso do plano estratégico de combate ao paludismo elaborado para o período 2012- 2016.

Os resultados obtidos com a campanha de pulverização, com a mudança do medicamento para o tratamento da doença e a garantia de financiamento para as futuras acções com vista à eliminação do paludismo em São Tomé e Príncipe, são entre outras questões em análise pelos técnicos do sistema nacional de saúde.

XS
SM
MD
LG