Links de Acesso

São Tomé e Príncipe quer renegociar dívida com Angola

  • Óscar Medeiros

Parlamento de São Tomé e Principe

Parlamento de São Tomé e Principe

O Governo são-tomense decidiu negociar a divida em atraso com Angola e Delegações dos dois países deverão reunir-se em breve para o efeito.

O ministro São-tomense das Finanças e Administração Pública, Américo Ramos, indicou que o Governo aguarda só a luz verde das autoridades angolanas para iniciar as negociações com vista ao reescalonamento da divida em atraso avaliada em mais de 35 milhões de dólares.

Com o Fundo Monetário Internacional de olhos no relacionamento financeiro de Angola com outros países, São Tomé e Príncipe disponibilizou-se para negociar a divida em atraso.

Enquanto isso, a nível interno o ministro das Finanças e Administração Pública recomenda maior contenção das despesas públicas e esforços redobrados na cobrança de receitas.

Para Américo Ramos a maior mobilização de receitas passa pela melhoria do ambiente de negócios de forma a atrair o investimento privado estrangeiro.

XS
SM
MD
LG