Links de Acesso

Isaias Samakuva diz que a Educação não vai bem

  • Coque Mukuta

Isaías Samakuva

Isaías Samakuva

Líder da Unita responsabiliza o Governo pela situação.

Quinze dias após a cerimónia de abertura oficial do ano lectivo 2014, no país em Menongue, província do Cuando Cubango, presidida pelo vice-presidente da República, Manuel Domingos Vicente, o Presidente da UNITA Isaías Samakuva diz lamentar as condições a que estão são submetidos os estudantes emdiversas províncias.


Os professores dos municípios do Cacuaco, Viana e Cazenga, em Luanda, não recebem salários há quase dois meses, o que lhes tem criado imensas dificuldades.

Em conversa não gravada hoje com a Voz da América, o delegado da Educação na Província André Soma disse que o problema será resolvido em breve.

Entretanto, presidente da UNITA diz lamentar as condições a que são submetidos os estudantes em diversas províncias: “o facto que reclamavam nas vezes que falei com o povo é a ausência dos professores nas salas de aulas”.

Samakuva afirmou ainda que as falhas que se cometem no sistema de ensino angolano tem como único responsável o executivo angolano: “se está mal a culpa deve ser do governante, porque quando o dirigente vê as coisas de forma impávida é a ele que se deve chamar a responsabilidade”.
XS
SM
MD
LG