Links de Acesso

Samakuva critica asperamente dos Santos

  • Redacção VOA

isaias samakuva

isaias samakuva

Chefe de estado acusado de ser causa de instabilidade e responsável por furtos do erário do estado

O presidente da Unita Isaías Samakuva acusou o presidente Eduardo dos Santos desse ser o principal factor de instabilidade em Angola e de ser responsável por fraudes no processo e no tesouro públicos. Samakuva falava na abertura de uma reunião da Comissão Política da UNITA.




A reunião da Comissão Política que termina Terça-feira destina-se a decidir sobre os próximos passos a dar pela UNITA na sua luta política como principal partido da oposição.
Mas no seu discurso de abertura do encontro Samakuva lançou criticas verbais ásperas ao presidente Eduardo dos Santos acusando-o de ter subvertido a democracia “através da consolidação do partido- estado”.

Eduardo dos Santos “tornou-se no principal factor de instabilidade política e social e continua a ser acusado n o país e no estrageiro de fraudes à constituição, ao tesouro públicos e dos processos eleitorais,” disse Samakuva

O dirigente da UNITA disse que a situação política actual se caracteriza por “violações endémicas dos direitos humanos incluindo assassinatos políticos, raptos, corrupção e outros crimes”.

Aos olhos de muitos, disse Isaías Samakuva, “esta situação transformou o Presidente José Eduardo dos Santos em ofensor principal dos interesses dos angolanos, a génese do problemas nacional e um factor de instabilidade”.

O dirigente Angola lançou um apelo a todos os angolanos, para se “libertarem do medo” e “reivindicarem os seus direitos exigindo que o executivo cumpra a constituição e a lei”.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG