Links de Acesso

Salário do PR de Angola é apenas nominal, diz economista

  • Coque Mukuta

Presidente de Angola, José Eduardo dos Santos

Presidente de Angola, José Eduardo dos Santos

Com as ajudas de representação, José Eduardo dos Santos aufere cerca de 9.940 dólares mensais.

No passado mês de Junho entraram em vigor aumentos entre 8 e 12% do salário mínimo nacional, vencimentos na função pública e pensões.

O vencimento-base mensal do Presidente da República ficou em 621 mil kwanzas (cerca de 6.210 dólares americanos), enquanto o vice-presidente aufere cerca de 5,280 dólares e ministros do Estado 4.970 dólares.

Ministros, governadores provinciais, secretários de Estado e vice- governadores têm um salário mensal de 4.350 dólares. Entretanto, os salários de professores, enfermeiros, médicos, agentes das Forças Armadas Angolanas e polícias oscilam entre os 450 e os 2004 dólares.

Para o economista Antonio Pedro Gomes, o salário do Presidente da República é insuficiente, uma vez que a capital angolana foi considerada pelo segundo ano consecutivo a cidade mais cara do mundo.

“Se a cidade de Luanda é pela segunda vez a cidade mais cara para se viver no mundo, é claro que este valor é insuficiente para a sua própria sobrevivência, e estamos a falar do salario nominal, ou seja o salário do papel porque o real não é verdade”, disse o economista em relação ao salário do Presidente da República.

Recorde-se que as ajudas de representação do Chefe de Estado são no valor de 373 mil kwanzas, 3.730 dólares), o que lhe dá um rendimento total de cerca de 9.940 dólares.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG