Links de Acesso

Russos e americanos usam a Internet para salvar cães vadios de Sochi


Cães vadios são uma visão comum em Sochi, a cidade anfitriã dos Jogos Olímpicos de Inverno 2014.

Eles andam por todo o lado - à porta dos restaurantes ouvem-se os seus latidos desesperados por comida, nas traseiras das casas farejam por comida.

Quem deixou os cães sair?

Nas últimas semanas, um exército de cem mil trabalhadores da construção civil veio para casa, mas deixou para trás centenas de animais de estimação e cães de guarda.

Nadezhda Maiboroda, que dirige o PovoDog, um novo abrigo para cães em Sochi, afirmou: "Todos os projectos dos Olímpicos estão terminados. Os construtores foram emboram, mas os cães continuam por cá".

"Na realidade [continuou], temos um clima ameno. Viver na rua, não é um grande problema para um cão, porque há comida em todo o lado", explicou a responsável pelo abrigo.

Defensores dos animais queixam-se de que Sochi tornou-se um dormitório de cães. Em Outubro a cidade assinou um contrato com uma empresa para capturar e matar dois mil animais vadios.

“A forma como a cidade decidiu tratar [o problema] não ajuda - algumas empresas privadas tiram os cães da rua, mas não há de facto um lugar para eles. Por isso eles simplesmente matam-nos", disse Maiboroda.

Fighting back through the Internet, Sochi animal lovers organized car ferries, taking dozens of stray dogs to safety with families in other parts of Russia.

Maiboroda construiu um abrigo para cães fora de Sochi

Entretanto, Oleg Deripaska, um bilionário que adora cães, billionaire dog lover, propôs-se a recuperar e financiar o abrigo, que agora guarda mais de cem cães.

A página de Facebook do PovoDog - “Do you want to adopt a dog?” (Quer adoptar um cão?) - tem cada vez mais seguidores.

Pela Internet, a chegaram dúzias de pedidos de adopção internacionais - 90 por cento dos Estados Unidos da América.

O atleta americano, medalha de prata em esqui slopestyle, Gus Kenworthy, publicou na sua conta de Twitter duas fotos de cães que quer trazer de Sochi para os seus amigos no Colorado.

Na última conta, a foto de Kenworthy abraçado a quatro cãezinhos foi retuitada quatro mil vezes.

Russos e americanos estão a tentar salvar os cães de Sochi através da Internet.
XS
SM
MD
LG