Links de Acesso

Rússia: Mulher em julgamento por decapitar criança diz ter obedecido a Alá


Moscovo

Moscovo

Uma mulher suspeita de decapitar uma criança sob seus cuidados e mais tarde exibir a cabeça nas proximidades de uma estação de transporte público de Moscovo disse hoje que Alá ordenou que ela cometesse o crime.

A Reuters reporta que polícia russa teve que conter e atirar ao chão Gulchekhra Bobokulova, na segunda-feira.

A mulher de 38 anos, divorciada, mãe de três filhos e natural do Uzbequistão, ex-Estado soviético de maioria muçulmana, foi surpreendida numa rua da capital russa segurando a cabeça decepada da criança no alto e gritando slogans islâmicos.

Segundo investigadores, Bobokulova cuidava bebés de uma família moscovita. Matou e decapitou uma das crianças sob seus cuidados antes de incendiar o apartamento da família e fugir.

Testemunhas desconfiaram que fosse terrorista, mas após a detenção a polícia colocou a hipótese de sofrer de perturbações mentais.

XS
SM
MD
LG