Links de Acesso

Rússia expulsa diplomatas americanos em retaliação aos EUA


Embaixada Americana na Rússia

Embaixada Americana na Rússia

A Rússia diz ter expulsado dois diplomatas Americanos depois dos Estados Unidos terem feito algo semelhante, na sequência de um incidente envolvendo um diplomata americano e um guarda da segurança em Moscovo.

Um comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros russo diz que os Americanos foram expulsos em Junho.

O comunicado do vice-ministro dos Negócios Estrangeiros Sergei Ryabkov diz que os funcionários da embaixada Americana em Moscovo foram declarados “persona non grata” por “activitidades incompativeis com o seu estatuto diplomatico," acusando-os de serem agentes da CIA.

A 17 de Junho os Estados Unidos tinham expulso dois diplomatas russos em resposta a confrontos em Moscovo entre a polícia russa e um diplomata americano.

Segundo o porta-voz do Departamento de Estado, John Kirby, os dois oficiais russos foram expulsos depois de um guarda russo ter atacado um diplomata americano à entrada da embaixada americana em Moscovo.

Um vídeo transmitido pela televisão russa NTV mostra um homem a sair de um táxi à porta da embaixada americana em Moscovo e imediatamente atacado por um guarda russo que saiu da sentinela, tendo os dois rolado pelo chão até o diplomata americano conseguir rastejar para dentro do edifício.

Kirby diz que o ataque ocorrido a 6 de Junho, aconteceu depois do diplomata se ter identificado ao guarda.

"A acção foi não provocada e colocou em perigo a segurança do nosso funcionário”,disse Kirby

XS
SM
MD
LG