Links de Acesso

Rússia determina corte de 560 milhões de dólares no gastos do Mundial de Futebol


Presidente russo Vladimir Putin

Presidente russo Vladimir Putin

O Governo russo ordenou nesta Segunda-feira, 22, cortes de 560 milhões de dólares nos gastos da preparação do Mundial de Futebol de 2018, o revés mais recente à medida que uma crise económica deixa marcas.

Não foi divulgado qualquer motivo para a decisão, mas a Rússia tem sido forçada a cortar gastos desde que o preço global do petróleo entrou em colapso no ano passado e governos ocidentais impuseram sanções económicas devido ao papel de Moscovo na crise da Ucrânia.

Um decreto emitido pelo Governo informou que a quantia total do torneio será agora de 11,8 mil milhões de dólares, mas o ministro dos Desportos Vitaly Mutko, disse que a construção e renovação dos estádios não será afectada.

XS
SM
MD
LG