Links de Acesso

Rússia decreta embargo total aos Estados Unidos, UE, Austrália, Canadá e Noruega


Presidente Vladimir Putin

Presidente Vladimir Putin

A Rússia respondeu às sanções aprovadas na semana passada pelos ocidentais decretando um “embargo total” à importação de produtos alimentares oriundos dos Estados Unidos, União Europeia, Austrália, Canadá e Noruega.

A lista de produtos, divulgada um dia depois de o Presidente Vladimir Putin ter assinado o decreto a autorizar as sanções, incluiu frutas, vegetais, carne, peixe e produtos lácteos, revelou o primeiro-ministro russo.

Dmitri Medvedev anunciou ainda que Moscovo decidiu proibir os aviões ucranianos de atravessar o seu território, estando ainda a ponderar se vai interditar as companhias aéreas europeias e americanas de usarem a rota que sobrevoa a Sibéria, uma das mais usadas nas viagens entre a Europa e a Ásia.

Medvedev explicou que o embargo poderá ser levantado se os parceiros da Rússia “demonstrarem uma abordagem construtiva”.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG