Links de Acesso

Ministra angolana culpa especulação pela subida de preços

  • Coque Mukuta

 Rosa Pacavira (Foto João Santa Rita)

Rosa Pacavira (Foto João Santa Rita)

Não há falta de produtos, diz Rosa Pacavira. AADIC diz que isso não é verdade

A ministra do Comércio de Angola, Rosa Pacavira, garantiu que não há escassez de produtos da cesta básica no país e que as autoridades policiais vão ser accionadas para travar a especulação de preços.

"Não temos escassez dos produtos da cesta básica”, disse a ministra que acrescentou no entanto que as autoridades estão “a restringir os quantitativos de produtos que as pessoas estão a comprar".

A ministra Rosa Pacavira disse ainda que o governo não vai permitir que hipermercados “como o Kero, o Jumbo e outros, vendam a grosso".

A ministra do Comércio reiterou ainda que os grandes armazenistas não podem vender directamente ao consumidor e têm que vender a quem tem alvará comercial.

Jordan Coelho, o director adjunto do Gabinete Jurídico da Associação Angolana dos Direitos do Consumidor (AADIC), disse que os problemas não se devem apenas à especulação mas ao facto de não haver produtos.

“Não é apenas especulação, pois nós passamos em muitos mercado, falamos com os vendedores e não há mesmo produtos”, disse.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG