Links de Acesso

Sindicato pede aumento de salários no Namibe

  • Armando Chicoca

Namibe, Angola

Namibe, Angola

Em causa, trabalhadores dos órgãos públicos de comunicação.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Educação, Cultura, Desportos e Comunicação social, Miguel Manuel, defende a necessidade urgente de implementação dos subsídios de isolamento, correção periódica das tabelas salariais e a reconversão dos quadros do sector do ramo, não obstante a difícil situação económica que o país enfrenta.

“As empresas da Rádio Nacional de Angola, da Televisão Pública de Angola, da Agência Angola Press (Angop) e do Jornal de Angola devem definir um salário condigno, que esse salário possa assegurar a condição de vida destes trabalhadores quando atingirem a idade de reforma”, pediu o sindicalista.

Por outro lado, Miguel Manuel defendeu também "a conversão da carreira para os trabalhadores do regime geral, dos sectores da educação, cultura, desportos e comunicação social".

O sindicalista pediu a realização concursos e de promoção para os docentes que adquiriram o novo perfil académico, tendo em conta o tempo de serviço prestado.

Na visão do sindicato, segundo Miguel Manuel, os subsídios pagos aos trabalhadores sobrepõem os salários, o que a continuar, poderá colocar em risco uma reforma digna aos profissionais da comunicação social do Estado.

XS
SM
MD
LG