Links de Acesso

FMI e Governo são-tomense debatem novas formas cooperação

  • Óscar Medeiros

Antoinette Sayeh, directora do Departamento África do FMI

Antoinette Sayeh, directora do Departamento África do FMI

A directora do Departamento África do FMI está pela primeira vez em São Tomé e Príncipe.

Antoinette Sayeh iniciou nesta segunda-feira uma visita de dois dias ao arquipélago para avaliar a situação socio-económica do país.

Antoinette Sayeh e Patrice Trovoada

Antoinette Sayeh e Patrice Trovoada

A evolução dos indicadores macroeconómicos de São Tomé e Príncipe tem servido de pano de fundo desta visita da directora do Departamento África do FMI nos diversos encontros com as autoridades nacionais.

Sayeh disse à imprensa que está bastante encorajada com o que viu ao nível da situação macroeconómica e que constatou que a taxa de crescimento tem sido positiva ao longo dos anos.

Ela considera, no entanto, que ainda há muito a fazer para reduzir a pobreza no país.

São Tomé e Príncipe e o FMI assinaram em Junho do ano passado um novo programa de apoio ao crescimento económico para três anos.

Com esta vista, as duas partes estão a analisar outras formas de apoio com o objectivo de melhorar a execução do programa em curso.

XS
SM
MD
LG