Links de Acesso

Representante especial da ONU visita Guiné-Bissau

  • Lassana Casamá

Mercado de Bandim, Bissau

Mercado de Bandim, Bissau

Visita acontece um dia depois do Conselho de Segurança da ONU renovar o mandato da missão no país.

O representante especial das Nações Unidas para a África Ocidental, o ganiano Mohammed Ibn Chambaz, visita hoje, 19, e amanhã a Guiné-Bissau. É a sua primeira visita ao país depois de ter assumido estas funções ao serviço da ONU em Setembro de 2014.

São dois dias de uma agenda que vai ser marcada por encontros com o Presidente da República, presidente da Assembleia Nacional Popular e o primeiro-ministro, além de outros responsáveis governamentais. O diplomata ganiano, ao serviço das Nações Unidas, depois de um mandato à frente da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (Cedeao), deve avistar-se ainda com o Chefe do Escritório da ONU na Guiné-Bissau, Miguel Trovoada. Uma reunião que figura da sua agenda interna junto ao Bureau em Bissau, no seguimento da renovação do mandato da Uniogbis, por mais um ano, através de uma resolução votada recentemente pelo Conselho de Segurança da ONU em Nova Iorque.

Da agenda de Mohammed Ibn Chambas, consta também o combate ao crime organizado e a cooperação regional. E é nesta perspectiva que vai manter sessões de trabalho com os representantes da Cedeao em Bissau, devendo, por outro lado, visitar a Unidade de Controlo do Crime Transnacional.

Esta visita é carregada de algum simbolismo diplomático, numa altura em que a Guiné-Bissau, apesar de certas crispações internas, voltou à normalidade constitucional, oito meses depois das eleições gerais.

Ela acontece também quando o país prepara a mesa redonda de parceiros e doadores marcada para 26 de Março em Bruxelas.

XS
SM
MD
LG