Links de Acesso

Representante da Unita na Holanda acusa governador de mandar prendê-lo


Bandeira da Unita

Bandeira da Unita

Paulo Pombolo, governador do Uíge, diz que tudo é mentira.

O representante da Unita na Holanda João Kololo acusa o governador provincial do Uíge, Paulo Pombolo, de mandar prendê-lo.

“Quando cheguei, a polícia disse-me que o Pombolo mandou um mandato de captura para o senhor, por que vim aqui no município dos Buengas realizar actividades políticas sem avisar a administração Municipal” explicou o representante da UNITA na Holanda João Kololo.

Kololo revelou ainda que além da “ameaça de prisão”, também está ser alvo de acusação de ter guardado um paiol de armas.

“Antes de eu chegar já circulava a informação de que eu vim para ver o paiol de amas, mas que isso não é verdade porque no tempo de guerra eu não estava em Angola”, esclareceu.

Contactado por telefone pela VOA, o governador do Uíge, Paulo Pombolo, disse, em conversa não gravada, que tudo é mentira.

Segundo o governador, no seu discurso, ele disse que um cidadão proveniente da Holanda agrediu um velho numa das aldeias do município dos Buengas porque recebeu uma informações por escrito.

Pombolo concluiu que o representante da Unita na Holanda deve assumir os danos que ele causou.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG