Links de Acesso

Renamo e MDM boicotam visita de Teodoro Obiang ao Parlamento

  • William Mapote

Teodoro Obiang e Filipe Nyusi à chegada ao Parlamento, Maputo

Partidos da oposição recusaram encontrar-se com "um ditador"

As bancadas parlamentares da Renamo e do MDM manifestaram nesta quinta-feira, 6, repúdio à visita do Presidente da República da Guiné-Equatorial a Moçambique.

A posição foi manifestada numa sessão parlamentar que aprovou, de entre outros instrumentos, a ractificação da Carta Africana para a Democracia, Eleições Governação.

Renamo e MDM consideram que o regime de Teodoro Obiang não reúne condições para estabelecer qualquer relacionamento com Moçambique, por ser “um mau exemplo” para as boas práticas de governação.

Obiang, que se encontra de visita oficial a Moçambique desde quarta-feira, já se reuniu com o seu homólogo moçambicano, Filipe Nyusi, e visitou hoje a Assembleia da República, onde devia reunir-se com as três bancadas.

A oposição boicotou o encontro e apenas a Frelimo se fez representar.

O Presidente da Guiné-Equatorial começou nontem uma visita de três dias a Moçambique, a cujo Governo agradeceu já o apoio para a sua entrada na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

No primeiro dia da visita, os dois governos assinaram um acordo geral de cooperação económica, cultural, científica e técnica, um acordo para o estabelecimento da comissão conjunta de cooperação entre os dois Estados e um memorando de entendimento sobre consultas políticas e diplomáticas.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG