Links de Acesso

Polícia leva armamento da casa de Afonso Dhlakama e da sede da Renamo

  • Redacção VOA

Invasão da casa de Afonso Dhlakama pela polícia nas Palmeiras, na Beira

Renamo diz que agentes levaram dinheiro e computador.

A Polícia da República da República de Moçambique apreendeu neste domingo, 27, armamentos diversos na casa do líder da Renamo, Afonso Dhlakama em Maputo e na sede nacional do partido.

“Na sede da Renamo, na cidade de Maputo, encontrámos duas armas do tipo AKM operacionais. Deslocámo-nos à residência do presidente da Renamo que fica defronte da Praça do Destacamento Feminino, na Julius Nyerere, encontrámos trinta e oito armas de tipo AKM e sete pistolas. Retirámos essas armas e neste momento estão nas mãos da polícia da República de Moçambique”, revelou o comandante da polícia na cidade de Maputo em conferência de imprensa.

Bernardino Rafael indicou que a operação foi desencadeada após uma denúncia sobre a existência de armas naqueles locais.

O chefe do Departamento de Defesa da Renamo, Ossufo Momade, confirmou a operação que considerou tratar-se de invasão às casas do líder da Renamo e da sede nacional do partido.

“Fomos surpreendidos com a invasão e arrombamento pelos militares da Frelimo nas duas residências do Presidente e na sede nacional do partido de Maputo-cidade. Esta invasão e arrombamento resultou na detenção de dois guardas e vinte armas do tipo AK 47. Na residência oficial do presidente e na outra casa, levaram 85 mil e 500 meticais. Na sede nacional arrombaram os gabinetes e levaram um computador laptop de marca Dell e 2.100 meticais do fundo de funcionamento e duas armas do tipo AK47 que os guardas usavam para a segurança da sede”, denunciou Ossufo Momade .

Ninguém foi detido.

A sua Opinião

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG