Links de Acesso

Polícia leva armamento da casa de Afonso Dhlakama e da sede da Renamo

  • Redacção VOA

Invasão da casa de Afonso Dhlakama pela polícia nas Palmeiras, na Beira

Invasão da casa de Afonso Dhlakama pela polícia nas Palmeiras, na Beira

Renamo diz que agentes levaram dinheiro e computador.

A Polícia da República da República de Moçambique apreendeu neste domingo, 27, armamentos diversos na casa do líder da Renamo, Afonso Dhlakama em Maputo e na sede nacional do partido.

“Na sede da Renamo, na cidade de Maputo, encontrámos duas armas do tipo AKM operacionais. Deslocámo-nos à residência do presidente da Renamo que fica defronte da Praça do Destacamento Feminino, na Julius Nyerere, encontrámos trinta e oito armas de tipo AKM e sete pistolas. Retirámos essas armas e neste momento estão nas mãos da polícia da República de Moçambique”, revelou o comandante da polícia na cidade de Maputo em conferência de imprensa.

Bernardino Rafael indicou que a operação foi desencadeada após uma denúncia sobre a existência de armas naqueles locais.

O chefe do Departamento de Defesa da Renamo, Ossufo Momade, confirmou a operação que considerou tratar-se de invasão às casas do líder da Renamo e da sede nacional do partido.

“Fomos surpreendidos com a invasão e arrombamento pelos militares da Frelimo nas duas residências do Presidente e na sede nacional do partido de Maputo-cidade. Esta invasão e arrombamento resultou na detenção de dois guardas e vinte armas do tipo AK 47. Na residência oficial do presidente e na outra casa, levaram 85 mil e 500 meticais. Na sede nacional arrombaram os gabinetes e levaram um computador laptop de marca Dell e 2.100 meticais do fundo de funcionamento e duas armas do tipo AK47 que os guardas usavam para a segurança da sede”, denunciou Ossufo Momade .

Ninguém foi detido.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG