Links de Acesso

Renamo acusada de matar chefe de posto policial

  • Redacção VOA

Ataque aconteceu na quinta-feira na localidade de Lulute, província de Sofala.

O porta-voz do Comando provincial da Polícia da República de Moçambique, em Nampula, acusa a Renamo de ter assassinado nesta quinta-feira, o chefe do posto da corporação na localidade de Iulute.

Zacarias Nacúte revelou à Rádio Moçambique, pública, que o chefe do posto policial foi morto a tiro quando acabava de sair daquela instituição em direcção à sua casa.

“No momento em que ocorreu o disparo contra o membro da policia, os outros colegas operativos que se encontravam de trabalho, o efectivo, retaliou a acção também, efectuando disparos. Porém os homens da Renamo acabaram empreendendo fuga, portanto, não sendo possível neutralizar ninguém naquele momento, mas, como já havia informado, diligências estão sendo levada a cabo, no sentido de neutralizar esse indivíduos” , disse Nacúte

XS
SM
MD
LG