Links de Acesso

Forças especiais em Nampula para libertar sequestrado pela Renamo

  • Faizal Ibramugy

Carro blindado da polícia de intervenção, nas ruas de Nampula

Carro blindado da polícia de intervenção, nas ruas de Nampula

A polícia diz que um antigo combatente está sequestrado pela Renamo há 20 dias

A polícia da República de Moçambique acaba de destacar a chamada Força de Operações Especiais para reforçar o efectivo policial que se encontra a vigiar os ex-guerilheiros da Renamo aquartelados na sua delegação na cidade de Nampula.

Segundo soube a VOA, esta unidade junta-se agora à Força de Intervenção Rápida com a missão de resgatar um antigo combatente, de 43 anos de idade, que foi feito refém, há sensivelmente 20 dias, por ex-guerilheiros da Renamo, alegadamente por este ter tentado recolher informações junto do grupo para fornecer aos serviços do partido no poder nesta parte do país.

O porta-voz da polícia em Nampula, Inácio João Dina

O porta-voz da polícia em Nampula, Inácio João Dina

O porta-voz da polícia em Nampula, Inácio João Dina, que acabou confirmado a detenção, por homens da Renamo, daquele cidadão que responde o nome de Emane Puantão. Diz Dina que a sua instituição havia destacado seus homens para uma conversação pacífica, mas que as chefias da Renamo acabaram ignorando por completo qualquer tipo de contactos.

Em entrevista exclusiva à VOA, esta tarde, Inácio João Dina disse que - caso nos próximos dias a Renamo continue a complicar as coisas - para tirar do cativeiro o antigo combatente, irá usar todos os meios ao seu alcance para evadir a delegação do partido da perdiz. Contudo, e com muitas reservas, Dina adiantou que, neste momento, se estudam estratégias para que esse acto não venha a prejudicar a população, tendo em conta que a zona de Muatala é grandemente habitada.

Arara Emano é filha do antigo combatente e diz estar desesperada, dado que - desde que o pai foi preso pela Renamo - não tem informações em relação à sua saúde. “Apenas ouvi que o meu pai está a ser torturado todos os dias”, disse Arara alegando que não tem o que dizer, sem ainda ter tido contacto directo com o seu pai.

XS
SM
MD
LG