Links de Acesso

Armas químicas: Relatório americano culpabiliza governo sírio

  • Eduardo Ferro

Concluímos com grande precisão, disse o secretário de estado John Kerry, que foi o regime sírio quem levou a cabo os ataques de 21 de Agosto.

O secretário de estado americano John Kerry afirmou há momentos aqui em Washington que os Estados Unidos concluíram que foi o governo sírio o responsável pelos ataques com armas químicas nos arredores de damasco no dia 21 deste mês.

Kerry acrescentou que essa conclusão se baseou em informações obtidas pelos serviços secretos junto de indivíduos e de outras fontes e também através de imagens de satélite para além de informações do domínio público.

O secretário de estado americano afirmou que o relatório foi igualmente colocado à disposição do Congresso americano e dos principais parceiros internacionais dos Estados Unidos.

De acordo com o relatório do governo americano, os ataques causaram a morte de pelo menos 1429 pessoas incluindo 426 crianças.

Concluímos com grande precisão, disse Kerry, que foi o regime sírio quem levou a cabo os ataques de 21 de Agosto. Concluímos também, acrescentou, que a possibilidade de ter sido a oposição síria a ter desencadeado os ataques é altamente improvável.

Disse por outro lado que os serviços secretos americanos apuraram que responsáveis pelo arsenal de armas químicas do governo sírio estavam a preparar as armas pouco antes do ataque ocorrer. Segundo o relatório agora divulgado as forças governamentais procederam também à distribuição de máscaras anti-gás no dia dos ataques.

O secretário de estado americano referiu ainda o disparo de rockets e de fogo de artilharia contra os bairros dos arredores de Damasco conde ocorreram os ataques químicos 90 minutos antes das primeiras notícias através da Internet de que os ataques tinham ocorrido.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG