Links de Acesso

Relatório da ONU sobre governança em África denuncia processos eleitorais «suspeitos»


A terceira edição do Relatório da Comissão Económica da ONU para África sobre governança no continente africano revelou que há processo eleitorais suspeitos, que devem ser eliminados.

O relatório mais abrangente sobre a governança em África já elaborado diz que embora sejam realizadas com maior regularidade, o conteúdo e a qualidade permanecem repletas de suspeições em muitos países africanos.

Segundo a ONU, as eleições muitas vezes provocam conflitos, violência, tensões e divisões, com elites que cercam os processos e os resultados, uma tendência preocupante para o futuro democrático de África. O relatório recomenda grandes reformas eleitorais, institucionais, políticas e constitucionais para permitir e facilitar a gestão democrática da diversidade, melhorando significativamente a sua qualidade e credibilidade.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG