Links de Acesso

Rei de Espanha abdica do trono


Juan Carlos à direita, com o filho Felipe de Bourbon

Juan Carlos à direita, com o filho Felipe de Bourbon

O anúncio foi feito esta manhã pelo primeiro-ministro Mariano Rajoy e pelo próprio Juan Carlos, através da televisão nacional. ​​

O Rei espanhol, Juan Carlos, vai afastar-se do trono, passando o reinado ao seu filho Príncipe Felipe.

O anúncio foi feito esta manhã pelo primeiro-ministro Mariano Rajoy e pelo próprio Juan Carlos, através da televisão nacional.

O rei de 76 anos, cuja saúde já está bastante debilitada, sofreu cinco operações em dois anos, incluindo a substituição de uma anca, abdica do trono por razões pessoais e garante que o seu filho será um rei à altura.
Juan Carlos entrega a carta de resignação a Mariana Rajoy. Madrid, Junho 2, 2014

Juan Carlos entrega a carta de resignação a Mariana Rajoy. Madrid, Junho 2, 2014


Abdicação, sucessão

Ainda não está claro quando será efectivamente a abdicação, que permitirá a Felipe assumir o poder.

Felipe, 46 anos, teve um papel importante nos eventos oficiais no último ano.

A Espanha não tem qualquer lei específica no que toca à abdicação e sucessão.

Rajoy disse que o seu gabinete irá reunir muito em breve para preparar os próximos passos para a assumpção do Príncipe Felipe, futuro Felipe VI.

O rei de 76 anos viu o seu país passar de uma ditadura para uma democracia, subiu ao trono em 1975, apenas dois dias depois da morte do ditador Francisco Franco.

Juan Carlos foi mais do que uma figura cerimonial. Ele protagonizou um papel importante na história moderna de Espanha, tornando-se o primeiro chefe de Estado em 44 anos depois da morte de Franco e destruiu as esperanças dos franquistas de uma extensão autocrata.


Uma família marcada por escândalos

Contudo, a popularidade de Juan Carlos está cada vez mais desgastada, rodeada por escândalos que o envolvem e à sua família.

Ele fez um safari de luxo no Botsuana, numa altura em que a Espanha vivia uma séria crise financeira e no qual partiu uma anca, sendo obrigado a voltar para Espanha num avião privado.

Por outro lado, em 2010 foi aberta uma investigação de corrupção contra seu genro Iñaki Urdangarin, marido da sua filha mais nova, Cristina, que também foi acusada de estar envolvida no caso, de acordo com a agência francesa AFP.

O juíz de Palma de Maiorca deverá decidir em breve se Urdangarin será julgado por acusações de fraude em seis milhões de euros de fundos conseguidos através de acções de beneficência.

Mas a figura de Felipe é bem aceite em Espanha. Pai de duas filhas e casado com a ex-jornalista Letizia Ortiz, a primeira mulher da plebe na linhagem do trono em Espanha.


XS
SM
MD
LG