Links de Acesso

Registo eleitoral põe oposição angolana em pé de guerra

  • Arão Ndipa

Proposta de lei atribui ao Ministério da Administração Interna o direito de cadastramento dos cidadãos.

Os partidos na aposição em Angola consideram a proposta de lei do
registo eleitoral apresentada à Assembleia Nacional pelo executivo
angolano, como sendo uma violação flagrante da constituição da
República no que diz respeito à administração eleitoral .

A lei atribui ao Ministério da Administração Interna o direito de cadastramento dos cidadãos.

Numa declaração conjunta, Unita, Casa-CE, PRS e FNLA consideraram o documento aprovado de inconstitucional e por isso vão protestar veementemente quando o documento subir para discussão na especialidade.

O partido no poder afirma que as desconfianças da oposição não têm razão de ser. Para nos falar sobre o assunto, ouvimos o deputado Lindo Bernardo Tito da coligação CASA-CE, o deputado Raul Danda da UNITA e Tomás da Silva, deputado do MPLA.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG