Links de Acesso

Rebeldes al-Shabab afirmam ter abatido avião militar queniano


Militantes al-Shabab (imagem de arquivo)

Militantes al-Shabab (imagem de arquivo)

Rebeldes do al-Shabab disseram ter abatido a aeronave militar do Quénia que caiu ontem na Somália. Ontem, 4, o Governo informou que o avião caiu devido a problemas técnicos quando regressava de uma missão no sul da Somália.

A aeronave caiu na região da cidade portuária de Kismayu, onde o Quénia tem soldados que foram enviados ao local como parte de uma força de pacificação da União Africana que enfrenta o grupo islâmico rebelde al-Shabab.

“Atingimos o jacto queniano e o derrubamos. Ele estava a bombardear a cidade de Bulaguduud”, disse o porta-voz do al-Shabab para operações militares, xeique Abdiasis Abu Musab. “Nós o atingimos a usar um míssil”, afirmou ele, acrescentando que o piloto “ficou queimado no interior”.

Não há confirmação independente da notícia. As tropas quenianas retomaram Kismayu, um porto estratégico do sul do país devastado pela guerra e que estava sob controlo dos rebeldes do al-Shabab des 2012.

XS
SM
MD
LG