Links de Acesso

O ministro da Saúde da República Democrática do Congo (RDC) confirmou dois casos de ébola na província do Equador, a mais de 600 quilómetros da capital, Kinshasa. Félix Kabange Numbi confirmou os casos depois de amostras retiradas a um caçador e a sua esposa terem dado positivo.

A RDC é o quinto país de África afectado pela febre hemorrágica ébola depois da Libéria, Serra Leoa, Guiné-Conacri e Nigéria. Recorde-se que a doença foi descoberta pela primeira vez há 40 anos na RDC e é a sétima vez que o vírus volta ao país.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG