Links de Acesso

Raul Danda acusa autoridades angolanas de o tentarem incriminar

  • Manuel José

Raul Danda, deputado da Unita

Raul Danda, deputado da Unita

Deputado da Unita diz conhecer um plano para "assalto" à sua casa em Cabinda

O líder do grupo parlamentar da Unita Raul Danda acusou o partido no poder, o MPLA, de ter um plano para invadir a sua residência e a do Padre Casimiro Congo, por suposto envolvimento dos dois na reactivação da associação já extinta MPALABANDA.

Raul Danda diz que policia quer invadir a sua casa em Cabinda - 2:01

Em declarações à VOA, o chefe da bancada parlamentar da Unita classificou de vergonhosa esta postura do MPLA de perseguição política, numa altura em que se discute no parlamento a questão da reconciliação nacional.

"Numa altura em que se debate a reconciliação nacional na Assembleia Nacional, o MPLA está neste momento a fazer planos para assaltar a minha casa em Cabinda, sob pretexto que eu, Raul Danda, e o padre Congo estaríamos em atividades da MPALABANDA", denunciou.

Danda disse que a alegada invasão da sua casa poderia ter propósitos de o incriminar.

"Eu estou em Luanda, irem assaltar a minha casa em Cabinda … Para irem colocar lá documentos, armas ou sei lá o que?”, interrogou Danda quem afirmou não ser esta a primeira vez que o tentam incriminar em actividades ilegais em Cabinda.

Raul Danda apelou ao Presidente da República para apostar no diálogo com os cabindas ao invés de usar a repressão.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG