Links de Acesso

Ramos Horta preside Painel Independente de Alto Nível sobre Operações de Paz da ONU


José Ramos-Horta, presidente cessante de Timor Leste

José Ramos-Horta, presidente cessante de Timor Leste

O novo órgão é integrado também pelo general brasileiro Floriano Peixoto.

O prémio Nobel da Paz e antigo presidente de Timor Leste José Ramos Horta vai liderar o Painel Independente de Alto Nível sobre Operações de Paz das Nações Unidas, cuja criação foi anunciada hoje. O órgão é integrado também pelo general brasileiro Floriano Peixoto.

O painel será formado por indivíduos com larga experiência no tema, disse o porta-voz do secretário-geral da ONU Ban Ki-moon.

Segundo Stephane Dujarric, Ki-moon explica que o mundo está em mudanças e que as operações de paz da ONU precisam seguir essa tendência.

O novo painel deve fazer uma avaliação completa da situação das operações de paz da ONU e apontar necessidades futuras. O grupo irá discutir temas como mudanças na natureza dos conflitos, mandatos, eficiência dos escritórios, desafios na manutenção da paz, direitos humanos e protecção de civis.

De acordo com informações da Rádio ONU, este será o primeiro painel que vai examinar tanto as operações de paz quanto as missões políticas especiais. O secretário-geral diz que as missões da ONU chegam a ser alvo de ataques e trabalham muitas vezes num ambiente com segurança frágil. Ban Ki-moon espera que seja considerado como a ONU pode promover a paz da forma mais eficiente possível e ajudar países em conflito.

O painel terá ao todo 14 especialistas, Austrália, China, Gana, Índia, Estados Unidos, Reino Unido, Timor-Leste, Brasil e outros.

Recorde-se que a última missão de Ramos-Horta foi como representante especial do secretário-geral da ONU para a Guiné-Bissau, tendo terminado as suas funções a 30 de Junho.

XS
SM
MD
LG