Links de Acesso

Rafael Marques publica livro sobre tortura e assassínios na Lunda Norte


Diamantes de Sangue, o novo livro de Rafael Marques

Diamantes de Sangue, o novo livro de Rafael Marques

Activista investigou incidentes durante dois anos e responsabiliza regime por atrocidades contra população e garimpeiros

O activista angolano Rafael Marques publicou quinta-feira, em Lisboa, o seu novo livro "Diamantes de Sangue".

Numa entrevista à Voz da América (VOA) Marques disse que pretende alertar a sociedade angolana e a comunidade internacional para o historial de "violência nas áreas dimantíferas".

Procura, ainda, "entender porque esta zona de Angola não pode viver em paz".

No livro, o activista denuncia a tortura e assassínio de garimpeiros, que atribui a empresas de segurança e aos generais que, segundo ele, controlam a exploração de diamantes.

Rafael Marques disse ter feito a investigação destes casos ao longo de numerosas visitas à Lunda Norte, nomeadamente nos ùltimos dois anos, onde recolheu depoimentos de vítimas e seus familiares. Destaca, entre outros, o fuzilamento de 20 garimpeiros, no ano de 2010, sublinhando que é comum a tortura de garimpeiros a quem são roubados diamantes.

Acusa o governo de "promover a violência institucional e de permitir a impunidade dos generais".

Clique na barra sobre este texto para ouvir a entrevista com Rafael Marques

XS
SM
MD
LG