Links de Acesso

Radovan Karadzic condenado a 40 anos de prisão

  • Redacção VOA

Radovan Karadzic

Radovan Karadzic

O antigo chefe político dos sérvios bósnios Radovan Karadzic foi condenado esta quinta-feira a 40 anos de prisão.

Os juízes do Tribunal Penal Internacional consideraram Karadzic culpado de genocídio e crimes contra a humanidade

Apenas uma das 11 acusações que sobre ele pendiam foi retirada pelos juízes da instituição judicial 'ad hoc' da ONU.

No longo processo que começou em 2008, o fundador da Republika Srpska (a entidade política que actualmente partilha a Bósnia a par da Federação croato-muçulmana), de 70 anos, era acusado de envolvimento directo no massacre de Srebrenica e no cerco de Sarajevo, de Abril de 1992 a Novembro de 1995,que provocou mais de 100.000 mortos e 2,2 milhões de deslocados.

Antes da leitura da sentença o ex-líder sérvio bósnio disse que esperava ser "absolvido" e assegurou que manteve um "combate permanente pela paz" e contra a "ingerência de potências estrangeiras na crise.

XS
SM
MD
LG