Links de Acesso

Rússia poderá investir em Malanje

  • Isaías Soares

Malanje

Malanje

Embaixador russo aponta agricultura e infra-estruturas como possíveis áreas de interesse para empresários do seu país

A Federação Russa poderá investir em Malanje nos sectores da agricultura, indústria, construção de infra-estruturas e formação de quadros, anunciou nesta província, o embaixador daquele país em Angola, Dimitri Lobach.

O diplomata russo que pela primeira vez saiu da capital angolana, Luanda, depois de um ano e três meses desde a sua acreditação, avaliou as oportunidades de cooperação e encontrou condições propícias numa visita no final da semana.

“Queremos contribuir para o desenvolvimento da nossa cooperação entre os dois países”, disse o embaixador para quem “Malanje tem todas as oportunidades para os dois países Rússia e Angola possamos desenvolver a cooperação numa só província”.

Essa cooperação, disse, "será em primeiro lugar para a agricultura", mas houve também discussões para investimentos “no âmbito das infra-estruturas, na indústria, mas já é muito, por que investimos não somente como dinheiro, investimos como conhecimento”.

Os projectos analisados com o governador de Malanje, Norberto Fernandes dos Santos, poderão entrar em acção em breve depois de estudos apurados, referiu Dimitri Lobach que visitou igualmente a Fazenda Pedras Negras localizada há mais de cem quilómetros a sudoeste desta capital.

Empresários russos serão mobilizados para investirem nesta parcela do território nas áreas que vão desde a transferência de experiências nos domínios da economia estatal para economia de mercado e fabril para o desenvolvimento da economia dos dois países.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG