Links de Acesso

Quase 800 esqueletos de bebés encontrados em convento da Irlanda


Quase 800 esqueletos de recém-nascidos foram encontrados numa cuba de cimento ao lado de um antigo convento católico da cidade de Tuam, na Irlanda, que abrigou jovens mães solteiras entre 1925 e 1961. "Alguém havia mencionado a existência de um cemitério para recém-nascidos, mas o que encontrei é muito mais que isso", declarou a historiadora Catherine Corless, responsável pela descoberta.

Ao investigar os arquivos de um antigo convento de Tuam (oeste da Irlanda), actualmente transformado em condomínio, a historiadora descobriu que 796 bebés foram enterrados sem caixão ou lápide. Os recém-nascidos teriam sido enterrados de maneira secreta pelas freiras. Segundo as investigações, as mortes têm causas incertas: desnutrição, pneumonia, tuberculose e, sem dúvida, maus-tratos.

William Joseph Dolan, parente de uma criança que nasceu na instituição, entrou com uma acção na justiça para entender o que aconteceu naquele período.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG