Links de Acesso

Centenas de refugiados da Líbia morrem em naufrágio (em actualização)


Dezenas de etíopes e somalis a bordo da uma embarcação precária naufragaram no Golfo de Aden, em Setembro de 2010, pouco depois de esta foto ter sido tirada. Ao fugirem dos perigos da guerra muitas pessoas enfrentam perigos quase tão grandes no mar.

Dezenas de etíopes e somalis a bordo da uma embarcação precária naufragaram no Golfo de Aden, em Setembro de 2010, pouco depois de esta foto ter sido tirada. Ao fugirem dos perigos da guerra muitas pessoas enfrentam perigos quase tão grandes no mar.

Vítimas obrigadas a embarcar no barco sobrecarregado pelos soldados de Kadhafi

Um barco com cerca de 600 refugiados a bordo naufragou ao largo da costa da Líbia e até ao momento só foram encontrados 16 sobreviventes.

Uma porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), disse à Voz da América que as vítimas foram embarcadas à força, num barco sobrelotado, por tropas de Muammar Kadhafi.

"Temos informações indicando que um barco se virou muito perto da costa da Líbia, no passado fim de semana, por causa, ao que parece, da grande quantidade de pessoas que transportava", disse por oitro lado um porta-voz da OIM (Organização Internacional das Migrações)

"Alguns náufragos conseguiram chegar a nado ao litoral", acrescentou, notando não se saber ao certo o número de mortos. Uma somali a bordo do barco naufragado, relatou como conseguiu nadar até terra firme perdendo o filho pelo caminho.

"Estas pessoas estão traumatizadas e não podem contar com clareza o que viveram", disse um porta-voz, para explicar as dificuldades da OIM em obter detalhes sobre o naufrágio. "Mas todos os depoimentos coincidem em que as pessoas foram forçadas a embarcar e a abandonar o território líbio, o que me parece totalmente novo", disse.

Outros refugiados "não pagaram esta travessia, mas foram despojados de seus pertences por soldados do coronel Kadhafi", informou o porta-voz.

Milhares de imigrantes tunisianos, que buscam um trabalho na Europa, e refugiados que fogem da guerra na Líbia, chegaram nos últimos meses à pequena ilha de Lampedusa, a meio caminho entre a Sicília e a Tunísia.

XS
SM
MD
LG