Links de Acesso

Quase 300 imigrantes ilegais detidos apenas este mês no Uíge


Aspecto da cidade de Uíge

Aspecto da cidade de Uíge

Maior parte dos imigrantes são da República Democrática do Congo, país afectado pelo ébola

A situação da entrada ilegal dos estrageiros em Angola atinge proporções alarmantes na província do Uíge numa altura em que as autoridades estão em estado de alerta devido à epidemia de ébola que atingiu vários países africanos, entre eles a República democrática do Congo que faz fronteira com aquela província angolana.

Durante este mês de Agosto, a província do Uíge registou um total de 278 infracções migratórias, entre elas a de um cidadão da Serra Leoa, um dos países mais afectados pela epidemia.

O director provincial dos Serviços de Migração e Fronteiras(SMF) Tomé Kuenga João disse que os cidadãos da RDC lideram a lista com um total de 245 cidadãos que pretendiam entrar ilegalmente no país.

XS
SM
MD
LG