Links de Acesso

Putin disse que não vai retaliar os Estados Unidos

  • Redacção VOA

Presidente russo Vladimir Putin em reunião ontem com os ministros das Relações Estrangeiros e da Defesa

Presidente americano anunciou ontem expulsão de 35 diplomatas russos.

O Presidente russo Vladimir Putin revelou nesta sexta-feira, 30, que não vai expulsar diplomatas americanos em resposta às sanções anunciadas ontem pelo Presidente dos Estados Unidos.

"Não criaremos problemas para os diplomatas americanos, não expulsaremos ninguém", disse Putin num comunicado divulgado pelo Kremlin.

Antes, o chefe da diplomacia russa Serguei Lavrov anunciou na televisão que o seu Ministério recomendou ao Presidente a expulsão de 31 funcionários da embaixada americana em Moscovo e de quatro diplomatas do consulado dos Estados Unidos em São Petersburgo.

Ontem, o Presidente Barack Obama impôs sanções às autoridades russas e aos serviços de inteligência em retaliação à suposta interferência de Moscovo nas eleições presidenciais americanas, bem como à invasão de sites políticos e contas de e-mail americanos.

Trinta e cinco diplomatas russos foram ordenados a deixar o país em 72 horas e duas instalações dos serviços de inteligência russos foram fechadas.

Obama lembrou que a sua administração avisou em Outubro que a Rússia desenvolveu acções que pretendiam interferir no processo eleitoral americano de 2016.

"O roubo de dados e a exposição de informações durante a eleição só podem ter sido coordenados pelos níveis mais elevados do Governo russo", escreveu Obama.

O Governo americano declarou que não vai parar por aí e que tomará uma série de medidas contra a Rússia, algumas das quais não serão tornadas públicas.

A sua Opinião

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG