Links de Acesso

PT, o grande derrotado das eleições municipais no Brasil

  • Patrick Vaz

Lula da Silva e Dilma Rousseff

Lula da Silva e Dilma Rousseff

O PT, partido dos antigos presidentes Lula da Silva e Dilma Roussef, foi o principal derrotado nas eleições municipais realizadas este domingo, 3, no Brasil.

O partido teve a maior queda (60%) em número de votos para presidentes de câmara na primeira volta , ou seja,apenas 6,8 milhões de votos nesse domingo, contra 17,2 milhões há quatro anos

De um modo geral, em todo o país o PMDB do presidente Michel Temer continua a ser o partido que mais elegeu presidentes de câmaras nos últimos anos, mas o PSDB conseguiu as principais cidades e o PSD também cresceu.

Desgastado pela Operação Lava Jato e após o afastamento de Dilma Rousseff, o PT elegeu apenas um presidente de câmara numa capital brasileira, em Rio Branco, Eo estado do Acre.

O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, adversário de Dilma em 2014, comemora o resultado das eleições em todo o Brasil.

Para ele, os tucanos saem fortalecidos e o PT perde força.

“Nossos resultados são muito positivos e o PSBD sairá desta eleição muito fortalecido, com o maior número de capitais para administrar. É o crescimentos do PSDB e a derrocada do PT nessas eleições em todo o Brasil”, reiterou.

O cientista político Felipe Nunes avalia o resultado das eleições com o facto de quase 30 partidos terem conseguido eleger presidentes de câmara.

“A eleição trouxe fatos interessantes neste ano. Primeiro, uma fragmentação política muito grande. O Brasil vem passando nos últimos anos por uma descentralização do poder no sentido em que o número de partidos que se tem hoje é muito maior do que se esperava. Para se ter uma ideia, vamos ter mais de 26 partidos governando as principais prefeituras do Brasil. Esse é um quadro que dispersa muito poder e os jogos de alinhamento político tornam-se mais difíceis”, ressaltou.

Outra curiosidade, segundo o especialista, é o fortalecimento de uma nova esquerda, após os escândalos de corrupção envolvendo o PT.

“Há reorganização da esquerda tendo o partido PSOL como a opção daquele grupo político que se identifica com a esquerda, com as questões da minoria (populacional), com as questões da desigualdade e o PT perdendo espaço”, concluiu.

A segunda volta das eleições municipais realiza-se a30 de Outubro.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG