Links de Acesso

Eleições angolanas: PRS acusa CNE de parcialidade

  • Manuel José

Deputados do PRS

Deputados do PRS

" CNE não está interessada num processo eleitoral pacífico, transparente e credível”, diz líder da bancada parlamentar do PRS.

Depois da UNITA, agora é a vez do Partido de Renovação Social (PRS)
insurgir-se contra a CNE, a Comissão Nacional Eleitoral.


O chefe da bancada parlamentar daquele partido, Sapalo António, afirmou em entrevista à VOA que os problemas registados no processo eleitoral estão a ser criados pela CNE.
Na sua entrevista à VOA o líder do PRS acusa a CNE de estar a atropelar as leis considerando que a Comissão Nacional Eleitoral “não está interessada num processo eleitoral pacífico, transparente e credível”.
O líder parlamentar do PRS afirma mesmo que tem havido parcialidade no
comportamento da CNE, em favor de um dos concorrentes ao pleito de 31
de Agosto.
O chefe da bancada parlamentar do PRS falava em
exclusivo a VOA e acrescentou que a CNE está abertamente a dar vantagens ao partido no poder em Angola, o MPLA. Tentativas para ouvirmos responsáveis da CNE ficaram goradas.
Ouça a reportagem do Manuel José.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG