Links de Acesso

PRS acusa Governo angolano de vender as Lundas aos estrangeiros

  • Manuel José

As mulheres são as principais vítimas, segundo o braço feminino do PRS.

No dia em que celebrou mais um aniversario, o braço feminino do PRS decidiu festejar a data com as mulheres de Kafunfo na Lunda-Norte. Em entrevista à Voz da América, a presidente da UMRS Adriana Setula teceu duras criticas à actual política governamental que, em seu entender , privilegia os estrangeiros em detrimento das angolanas.

"O próprio Kafunfo está no buraco que nem possibilita a mulher fazer alguma coisa, você só encontra casas de vendas de diamantes pertencentes a estrangeiros sem obrigações para com os nacionais, as condições de vida da mulher aqui no Kafunfo são miseráveis, os terrenos para o cultivo são recebidos pelas grandes empresas, a situação é péssima".

O sofrimento destas pessoas, segundo Setula só tem um culpado: as más políticas do governo de José Eduardo dos Santos.

Segundo aquela responsável, os responsáveis só vão lá “tirar as riquezas e investir lá fora”, enquanto as donas da terra, as autóctones são pobres.

A delegação do PRS que visita a Lunda-Norte é chefiada por Neves Dias.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG