Links de Acesso

Protestos agitam de novo o Rio de Janeiro


Protestos no Brasil exigindo transportes públicos gratuitos

Protestos no Brasil exigindo transportes públicos gratuitos

O Brasil continua a ser palco de protestos. As razões das manifestações não são diferentes das que levaram milhões de brasileiros às ruas no ano passado.

No Brasil continua o braço de ferro entre a população e o governo. Centenas de pessoas protestaram quinta-feira nas ruas do Rio de Janeiro pelas mesmas razões dos protestos do ano passado, entre esses motivos o transporte público.


O governo de Dilma Rouseff tem a intenção de aumentar em pouco mais de 9% o preço do transporte. O novo preço entra em vigor amanha, sábado. Foi este anunciado aumento que levou as pessoas a se revoltaram e irem para as ruas tentar impedir o aumento do preço do bilhete do ônibus. E, novamente o protesto acabou em conflito entre manifestantes e policia.

De acordo com o website G1 (da Globo), esse protesto começou pacificamente com cerca de mil pessoas. Entre elas haviam estudantes, membros de partidos políticos e black blocks - estes últimos são membros de um grupo que se veste de preto usando máscaras. Os black blocks acreditam também que a violência é um meio aceitável de mostrar sua indignação.

O conflito começou com algumas pessoas envergando máscaras subiram nas catracas do metro. A polícia interveio quando indivíduos entre os manifestantes começaram a danificar os equipamentos. Vários passageiros sentiram-se mal. O confronto saltou depois para as ruas. Um repórter que estava gravando cenas foi ferido. Santiago Ilídio Andrade foi ferido por um gênero de rojão. Mas até agora se desconhece quem o feriu. A polícia está investigando quem realmente lançou tal objeto. Alguns dizem ter visto policiais jogando o rojão, enquanto outros dizem ter visto vândalos atirando tal objeto.

Os brasileiros estão indignados com o governo não só devido ao aumento do transporte público, como, dizem alguns observadores, porque foi noticiado o perdão da divida publica de alguns países africanos, totalizando quase 400 milhões de dólares. Isto quando milhares de brasileiros gostariam de ver esse dinheiro investido para seu benefício em áreas como a educação, saúde e transportes. Foi também anunciado que o governo brasileiro pretende investir mais de 400 milhões de dólares na construção de um porto em Cuba.
XS
SM
MD
LG