Links de Acesso

Projecções apontam para vitória da Frelimo e de Nyusi

  • João Santa Rita

Filipe Nyusi em Inhambane. Moçambique 2014

Filipe Nyusi em Inhambane. Moçambique 2014

As projecções são do Centro de Integrida Pública.

Projecções feitas pelo Centro de Integridade Pública(CIP) a partir dos primeiros resultados das eleições de ontem 15, em Moçambique divulgados apontam para a vitória da Frelimo e do seu candidato Filipe Nyusi.

A Comissão Nacional de Eleições deu hoje, 16, a conhecer as contagens em várias províncias quando estavam escrutinados entre 8 e 12 por cento dos votos.

Projecções do CIP indicam que o candidato presidencial Filipe Nyusi irá vencer com cerca de 60% dos votos.

Afonso Dhlakama, da Renamo, segundo o CIP, deverá obter 32 por cento, enquanto a grande desilusão pode ser Daviz Simango, que não terá mais de 8 por cento.

Nas eleições de 2009, o candidato da Frelimo Armando Guebuza obteve 75 por cento, enquanto Afonso Dhlakama ficou com 16%.

No que diz respeito à Assembleia da República, as projecções indicam que a Frelimo vai perder quase 50 lugares, caindo de 191 para 142 lugares, enquanto a Renamo terá 75 deputados, contra 49 que possui hoje. O MDM deve passar de oito para 30 lugares no parlamento.

Os resultados oficiais devem ser anunciados amanhã, 17.

XS
SM
MD
LG