Links de Acesso

Produtores de gado criticam plano para o Kwanza Norte

  • Teodoro Albano

O Governo angolano quer aumentar a produção de carne no país, mas um plano aprovado para o Kwanza Norte não conta coma aprovação de produtores do sul do país.

A aprovação recente pelo Governo de um projecto de repovoamento animal no planalto de Camabatela, na província do Kwanza Norte, apanhou de surpresa a Cooperativa dos Criadores de Gado do Sul de Angola, (CCGSA).

A surpresa, de acordo com a agremiação, surge do facto de a cooperativa ter remetido há cerca de um ano um plano de desenvolvimento das fazendas da região, mas até não recebeu qualquer resposta do Executivo.

O director-geral da Cooperativa dos Criadores de Gado do Sul de Angola, Luís Gata, saúda o mérito do projecto de incentivar a produção de carne no país, mas vê o direccionamento do mesmo e a importação de animais para abate como aspectos negativos.

Luís Gata não tem dúvidas de que se "há algum projecto que possa ter sucesso e de facto aumentar exponencialmente a quantidade e qualidade da carne bovina no nosso país é na nossa região”.

O projecto do planalto de Camabatela abrange as províncias do Kwanza Norte, Malanje e Uíge e pretende tornar a região partir de 2025 auto-suficiente na produção de bovinos para abate e repovoamento.

O investimento está avaliado em mais de 206 milhões de dólares e o Executivo angolano espera poupar 350 milhões de dólares com importações de carne de consumo.

XS
SM
MD
LG