Links de Acesso

Procuradoria manda libertar dirigentes da CASA-CE em Malanje

  • Isaías Soares

CASA-CE em Malanje, Angola

Três activistas foram detidos quando lideravam uma marcha em Casuso.

Os três responsáveis da CASA-CE e da sua organização juvenil, Juventude Patriótica de Angola, detidos na quarta-feira, 14, no município de Cacuso durante uma marcha não autorizada foram libertos ontem por decisão do procurador da república interino, Roberto Chimuanga.

“Os companheiros já estão livres porque a Procuradoria da República no município não confirmou a existência de crime, nem suspeitas", disse à VOA o secretário-executivo provincial da coligação Carlos Lucas, para quem tal decisão "significa que a polícia fabricou para indiciar os nossos companheiros”.

Amador Francisco Neto, Gervásio Madeira Marcelino e Janeti Virgílio Nzaje foram detidos quando lideravam uma marcha após um processo de recrutamento de novos militantes.

XS
SM
MD
LG