Links de Acesso

Problemática das crianças de rua analisada na Guiné-Bissau

  • Lassana Casamá

Falar de crianças na rua na Guiné-Bissau é fazer uma referência clara às Talibés.

Em Bissau, diferentes actores ligados à defesa dos direitos das crianças estão reunidos para analisar a aplicabilidade das convenções ratificadas pelo Estado e a situação em geral das crianças no país.

É um evento que visa reflectir sobre todas as disposições legais de proteção dos menores e os fenómenos sociais que os têm vitimado ou porque são traficados ou porque estão na rua e muito desprotegidos. Os factores destes fenómenos estão muito relacionados com as práticas socio-culturais de certa comunidade religiosa na Guiné-Bissau.

Falar de crianças na rua na Guiné-Bissau é fazer uma referência clara às Talibés. São elas que diariamente deambulam nas principais ruas e avenidas da capital e diferentes centros urbanos regionais.

Fazem-na para sustentar as suas escolas de madrassas, sob imposição e orientação dos seus mestres corânicos.

Os seus pais têm domínio da situação e até a aceitam, isto quando se fala das crianças mendigas dentro do território nacional.

Entretanto, as organizações de defesa das crianças jamais conseguem digerir esta pratica que consideram de uma afronta à liberdade e violação dos direitos das crianças guineenses.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG