Links de Acesso

Cadeia de Viana deve ser encerrada, defende especialista Fernando Falua

  • Manuel José

Portão principal da prisão de Viana

Portão principal da prisão de Viana

Cadeia de Viana deve ser encerrada, defende especialista em técnicas
penitenciarias Fernando Falua.

O perito considera que tanto o estabelecimento prisional de Viana como
a Comarca de Luanda estão mal localizadas, já que se encontram dentro de perímetros habitacionais.


Fernando Falua diz que a única solução para se acabar com os tumultos na cadeia de Viana é encerra-la e levar todos os presos para outra unidade prisional.

"A cadeia de Viana devia ser extinta e evacuar os presos que lá se encontram para que se cumpram as regras carcerárias".

O analista da rádio Despertar Comercial explica as razões que o levam
a defender tal tese.

"Os centros prisionais não devem estar dentro de perímetros habitacionais públicos, por esta razão há facilidade de introdução de drogas e objectos perfurantes nas cadeias de Luanda que estão na base das brigas entre gangs e sobretudo as mortes que temos constatado nas cadeias, a de Viana por exemplo não permite a estratificação carcerária dos reclusos, segundo a tipicidade dos seus crimes e a caracterização do próprio preso".

Já o jurista e docente da Universidade Católica de Angola Nelson
Pestana Bonavena apresenta a sua visão sobre os motivos dos tumultos nas cadeias de Luanda.

"Cada gang quer impor a ordem, a do mais forte, por isso batem-se entre eles, para ver quem qual deles é o mais forte que passa a impor a sua ordem no interior da cadeia e a policia lava as mãos, só quando chega a este ponto de quase guerra civil na cadeia é que a policia intervém com brutalidade para impor uma paz relativa, até voltar a acontecer outro tumulto".

Outro professor universitário Sapalo António prefere acreditar numa
falta de competência das autoridades, para controlar os presos.

"Isso traduz-se na incompetência das autoridades, como
é que os presos conseguem acessar objectos proibidos nas cadeias?"

O também político do PRS apresenta um exemplo ligado a si mesmo.

"Seis bandidos mataram, em 2012, os meus dois filhos. Toda Angola se apercebeu, por causa de uma viatura, estes bandidos estão hoje em condições privilegiadas na cadeia".

De recordar que o mais recente tumulto numa unidade prisional
aconteceu há uma semana na cadeia de Viana que vitimou segundo as
autoridades 4 mortos.
XS
SM
MD
LG