Links de Acesso

Ilha do Príncipe celebra 1º aniversário como Reserva da Biosfera

  • Redacção VOA

Ilha do Príncipe no arquipélago de São Tomé e Príncipe

Ilha do Príncipe no arquipélago de São Tomé e Príncipe

Governo regional promete fazer diferença e propõe hamonizar o desenvolvimento com a protecção do meio ambiente

A Ilha do Príncipe celebra desde último fim de semana o seu primeiro aniversário como Reserva Mundial da Biosfera, com a entrega da certificação da UNESCO através do seu director de departamento de Reservas Mundiais.

Trata-se de um reconhecimento internacional através dessa agência das Nações Unidas ao engajamento do governo regional que pretende conciliar o desenvolvimento com a protecção da natureza.

A cidade de Santo António acolhe a propósito desde Sábado, a 11ª Conferencia Internacional da Rede Bios, do Atlântico. Participam nesse encontro responsáveis das Reservas da Biosfera da Madeira, dos Açores, das Ilhas Canárias, de Cabo-Verde e da Guiné-Bissau. Por razões de dificuldades de ordem logistica, os reponsáveis das Reservas da Biosfera do Senegal, Marrocos, e da Mauritania não puderam participar nesses trabalhos.

José Cardoso Cassandra, presidente do governo regional do Príncipe, foi entrevistado pela Voz da América, e defendeu para a ilha uma matriz de desenvolvimento que segundo ele harmoniza o meio ambiente e a infra-estruturação.


A ilha do Príncipe entra assim no mapa mundial de reservas naturais e o governo regional pretende fazer da protecção da natureza uma das suas prioridades de governação.

Um plano director de desenvolvimento do Principe avaliado em 80 milhões de Euros foi apresentado no ano passado aos doadores internacionais, e nesta altura aguarda a aprovação da Assembleia regional.

Para o presidente da região, os actuais investimentos em curso tais como a reabilitação do aeroporto da ilha, assim como do porto de Santo António, irão permitir uma melhor resposta no que toca a projecção de desenvolvimento.

O governo regional tem uma série de projectos em carteira que vão da infra-estruturação ao saneamento e meio ambiente, passando pela educação, saúde e promoção social.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG