Links de Acesso

Primeiros indultados em Malanje em liberdade

  • Isaías Soares

Angola Malanje prisão

Angola Malanje prisão

No total serão 86 na província.

Os primeiros 10 reclusos que beneficiaram do indulto e comutação de penas ao abrigo do decreto presidencial de 15 de Setembro foram soltos da Unidade Penitenciaria da Damba, em Malanje.

Ao nível de Malanje serão soltos 86 presos que cumpriram metade das respectivas penas.

Os ex-presidiários prometeram seguir e respeitar as normas de convivência social, “com a certeza de que este é apenas o começo, porque sabemos que há ainda um longo caminho a percorrer para se construir o bem-estar para todos”.

O porta-voz dos indultados e comutados disse que a reinserção social deve ser efectiva, “renunciando a delinquência e optano pela justiça segundo as leis do país”.

Numa palavra de esperança para os que ficam na cadeia, afirmaram que “devem cultivar sempre o sentimento de esperança, reconhecendo que existem outros benefícios de acesso à liberdade”.

O Juiz Presidente do Tribunal Provincial de Malanje Félix Alexandre confirmou que o processo será faseado e que abrange cidadãos com penas superiores a 12 anos de prisão maior e de prisão correccional até 15 de Setembro.

O governador de Malanje, Norberto Fernandes dos Santos esteve na cadeia da Damba, a 56 quilómetros a nordeste desta capital, município de Caculama, onde mostrou-se preocupado com a faixa etária da população penal.

“Reparei que a maior parte dos que vão merecer deste indulto é jovem, o que é preocupante”, referiu.

Santos pediu aos jovens, em particular “os que vão deixar as cadeias que possam dar um conselho, sobre o que passaram aqui para que outros jovens não caiam também na alçada da lei”.

XS
SM
MD
LG