Links de Acesso

Primeiro-ministro guineense convida PAIGC para negociações sobre novo Governo

  • Redacção VOA

Baciro Djá, esq., Domingos Simões Pereira, dir.

Fonte do PAIGC confirma recepção da carta mas não sabe se merecerá análise do partido.

O primeiro-ministro da Guiné-Bissau empossado na passada sexta-feira, 27, Baciro Djá, convidou o presidente do PAIGC para negociações com vista à formação do novo Governo.

A carta foi enviada na segunda-feira, 30, e nela Djá requeria a disponibilidade de Domingos Simões Pereira, alegando a necessidade de alargar a base parlamentar de sustentabilidade novo Executivo.

Baciro Dja, primeiro-ministro da Guiné-Bissau

Baciro Dja, primeiro-ministro da Guiné-Bissau

Uma fonte do PAIGC confirmou nesta terça-feira, 31, à VOA a recepção da carta mas não adiantou se “ela merecerá a análise da direcção superior do partido”.

Djá foi empossado primeiro-ministro pelo Presidente da República, depois de o seu nome ter sido apontado pelo Partido da Renovação Social (PRS), segundo partido mais votado nas eleições de 2014 e convidado por José Mário Vaz para indicar o novo Chefe do Governo.

Domingos Simões Pereira, presidente do PAIGC

Domingos Simões Pereira, presidente do PAIGC

O PAIGC, no entanto, tem dito que não reconhece o novo primeiro-ministro e os membros do Executivo demitido continuam barricados no Palácio do Governo desde a passada quinta-feira, 26.

Baciro Djá foi ministro do Governo liderado por Domingos Simões Pereira, demitido pelo Presidente da República em Agosto de 2015, e um dos vice-presidentes do PAIGC, até que foi expulso em Janeiro deste ano, depoois de, juntamente com mais 14 deputados e militantes do partido, terem votado contra o Programa do Governo de Carlos Correia.

A sua Opinião

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG