Links de Acesso

Presidente do Uzbequiistão foi a enterrar

  • Redacção VOA

Aministia Internacional diz duvidar que política de repressão venha a ser modificada

Milhares de pessoas saíram as ruas da capital do Uzbequistão Tachkent para prestarem homenagem final a Islam Karimov, o presidente desde a independência do país que foi hoje a enterrar.

O governo anunciou a morte do presidente ontem pondo termo a vários dias de especulação sobre o seu estado de saúde.

Karimov que governava há mais de 25 anos morreu um dia depois do feriado do dia da independência do país.

Um vice-director da organização de dirigentes humanos Amnistia Internacional disse hoje não estar optimista de que a morte daquele que foi até agora o único presidente do Uzbequistão venha a modificar as suas políticas que, segundo disse, foram marcadas pela tortura de oponentes políticos

XS
SM
MD
LG