Links de Acesso

Presidente da Turquia diz que Europa "dança em campo minado"


Tayyip Erdogan

Tayyip Erdogan

O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, disse hoje, 18, que a Europa deveria analisar o seu próprio histórico com os imigrantes antes de dizer ao seu país o que fazer, e acusou o continente de "'dançar num campo minado" por apoiar grupos terroristas, noticia a Reuters.

Erdogan disse que a Turquia só vai ouvir críticas externas ao seu histórico de direitos humanos quando isso for justificado.

"Num momento em que a Turquia abriga três milhões (de imigrantes), os que são incapazes de encontrar espaço para alguns poucos refugiados, que no meio da Europa mantêm estes inocentes em condições vergonhosas, precisam olhar para si mesmos primeiro", acrescentou Erdogan no discurso transmitido pela televisão.

Erdogan fez estes comentários enquanto o primeiro-ministro turco, Ahmet Davutoglu, se reúne com líderes da União Europeia em Bruxelas.

Ele acusou alguns países de apoiar o terrorismo directa ou indiretamente, uma aparente referência ao Partido dos Trabalhadores do Curdistão, que há três décadas comanda uma insurgência no sudeste turco.

XS
SM
MD
LG