Links de Acesso

Presidente da Câmara de Londres promete cidade aberta ao mundo

  • Redacção VOA

Sadiq Khan, presidente da Câmara Municipal de Londres

Sadiq Khan diz que Londres não ficará de fora de um mercado de 500 milhões de pessoas.

O presidente da Câmara de Londres emitiu uma mensagem nesta sexta-feira, 24, a tentar acalmar tanto a população da cidade que votou contra a saída da União Europeia, como os investidores.

A nível de todo o Reino Unido, os cidadãos votaram na quinta-feira, 23, maioritariamente a favor da saída da União Europeia.

“Quero enviar uma mensagem clara ao povo britânico, empresas e investidores em todo o mundo, de que não há necessidade de pânico algum porque Londres continuará a ser a cidade de sucesso que é hoje”, disse Sadiq Khan.

Para Khan, Londres “continuará a ser a maior cidade do mundo” porque, lembrou, “o nosso sucesso económico, social e cultural foi construído virado para o exterior e totalmente engajado com o resto do mundo”.

O presidente da Câmara da capital inglesa destacou ainda que “mais de 200 línguas são faladas” na cidade que “continuará a ser uma das maiores economias em crescimento no mundo”.

“Nossa cidade e nosso país vão continuar a ser os melhores lugares do mundo para fazer negócios e vamos, naturalmente, continuar a olhar para fora e para o comércio e a envolver-nos com o mundo inteiro, incluindo a União Europeia”, reiterou Sadiq Khan.

O primeiro muçulmano a presidir Londres reitera que Grã-Bretanha deve continuar a fazer parte do mercado único europeu porque “seria um erro deixar um mercado único de 500 milhões de pessoas”.

XS
SM
MD
LG